CALENDÁRIO 2016:

09/10 de Agosto - Foz do Iguaçu - I Fórum de Mobilidade de Foz do Iguaçu. Saiba mais.

Calendário completo - Foz do Iguaçu e região - Saiba mais.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

I Fórum de Mobilidade Urbana de Foz do Iguaçu

I Fórum de Mobilidade Urbana de Foz do Iguaçu – Mobi Foz 16:
  •   09 e 10 de agosto de 2016.
  •   Auditório da Fundação Cultural de Foz do Iguaçu.

Organização:
  •   Rotary Club de Foz do Iguaçu – Harpia.
  •   Associação Ciclística Cataratas do Iguaçu (ACCI).

Apoio:          
  •   ITDP - Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento

Público-alvo:
  • Representantes da sociedade civil organizada de Foz do Iguaçu e de entidades que atuam nas áreas de governança, planejamento, trânsito e logística, como o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans); secretarias municipais de Obras, Planejamento, Meio Ambiente e Saúde; Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz); Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi); entidades empresariais e sindicatos de trabalhadores;  Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat); Ecocataratas (concessionária da BR-277); Consórcio Sorriso (concessionário do transporte coletivo urbano); associações de taxistas, mototaxistas e transportadores permissionários do município; representantes dos transportadores de cargas; Fundação Parque Tecnológico Itaipu e Itaipu Binacional (desenvolvedores do programa Veículo Elétrico); instituições de ensino superior; movimentos populares.
Objetivos:

  • Diagnosticar o panorama atual da mobilidade urbana no município de Foz do Iguaçu, identificando problemas e potencialidades.
  • Elaborar carta contendo propostas de ações e recomendações de políticas públicas na área de mobilidade urbana, para adoção pelo poder público municipal e entidades representativas, no quadriênio 2017-2020.
  • Entregar cópia do documento elaborado aos candidatos que disputarão a Prefeitura de Foz do Iguaçu, obtendo, dos mesmos, compromisso de aplicação de seu conteúdo.
  • Criar mecanismos para acompanhamento e aprimoramento das políticas e ações voltadas à mobilidade urbana no município de Foz do Iguaçu.
Contexto:

 Município mais povoado do extremo oeste do Paraná, Foz do Iguaçu conta com população estimada de 263 mil habitantes (IBGE, 2016) e frota de 155 mil veículos emplacados (Detran-PR, 2015).

Além disso, por tratar-se de polo regional e de serviços para moradores dos municípios vizinhos e dos países limítrofes (Paraguai e Argentina), bem como importante destino turístico, o volume de veículos que trafegam pelas vias públicas iguaçuenses torna-se ainda maior, gerando dificuldades de locomoção.

Fatores como carências no planejamento urbano ao longo das últimas quatro décadas, bem como escassez de alternativas ao transporte individual, tornam o cenário ainda mais grave, levando à necessidade de ação.

O desenvolvimento e a aplicação de políticas específicas de mobilidade, voltadas a modais com baixo impacto ambiental (bicicletas e veículos elétricos), além do incentivo ao transporte coletivo, podem retirar parte da frota das ruas e incidir na melhoria de indicadores como qualidade de vida, segurança, meio ambiente e diminuição dos gastos na área da saúde, resultantes de acidentes de trânsito, que, hoje, consomem importante fatia do orçamento municipal.

Formato:
  •   Palestras expositivas, debates e oficinas.

Palestrantes Confirmados:

  •  Celso Miranda, jornalista e pesquisador na área de mobilidade.
  •  Ricardo Corrêa, sócio-fundador e coordenador-geral da consultoria TC Urbes, especializada em projetos urbanos (tcurbes.com.br).
  •  André Geraldo Soares, diretor-presidente da União de Ciclistas do Brasil (UCB).
  •  Clarisse Cunha Linke, diretora-executiva do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP).

Eixos Centrais de Discussão:
  •   Identificação de alternativas sustentáveis ao transporte individual motorizado.
  •   Implementação de estrutura e medidas de segurança no compartilhamento das vias entre carros, ônibus, veículos de carga, motocicletas, bicicletas e pedestres.
  •   Adoção de políticas públicas voltadas ao aprimoramento do transporte coletivo.
Organização/Apoio:

   
   
    Digite seu comentário: (via Facebook)